Pães, os diferentes nomes em cada região do Brasil

paes-pelo-brasilO pão mais popular do Brasil – o francês – não tem nada a ver com o país que lhe rendeu esta alcunha. No início do século XX, muitos brasileiros que visitavam a França se encantavam com o pão típico do país, que àquela época era curto, cilíndrico, de miolo duro e casca dourada. Era este o pão que, mais tarde, se tornaria a baguete. Este sim, o tradicional pão francês da França.

Pois bem, estes brasileiros voltavam ao seu país de origem ávidos por experimentar a iguaria que haviam deixado para trás na sua visita à França. Ao tentar descrevê-la para os padeiros no Brasil, surgia um pão cuja receita fora estabelecida oralmente. Ainda que os padeiros – obviamente limitados pelas diferentes descrições de seus clientes – não tivessem acertado a receita à risca, a referência francesa manteve-se e deu-se o nome do resultado destas experiências de pão francês.

Mas o Brasil é um país fundamentado na miscigenação, como bem sabemos. E, sendo assim, diversas regiões da nossa pátria mãe nomearam o pão francês de acordo com sua cultura e costumes.

Veja os nomes que o pão francês recebe em diferentes estados do nosso diversificado país.

– Na Baixada Santista, em São Paulo, os paulistas chamam o pão francês de média.

– Em Ribeirão Preto, também no estado paulista, peça pelo filão ao comprar pão francês nas padarias.

– Na capital do estado de são Paulo, por sua vez, pãozinho é o nome dado ao pão francês.

– No Ceará, carioquinha.

– No Rio Grande do Sul, cassetinho.

– Em Sergipe, pão jacó.

– Por fim, no Pará dá-se o nome de pão careca ao pão francês.

Há, ainda, uma nomenclatura curiosa para o tipo de pão que se pede em São Luiz, no Maranhão. Lá, o pão sovado chama-se massa fina e o pão francês, massa grossa.

Os nomes podem ser diferentes, mas o sabor é conhecido por todos os brasileiros que, tradicionalmente, se deliciam com o clássico pão francês com margarina. E não há nada mais brasileiro que degustar um deles no café da manhã ou da tarde.

11 Comments

  1. eduardo
    25 de junho de 2016
    Responder

    Em MG chama-se pão de sal.

  2. Rodolfo Marque de Caicó
    3 de dezembro de 2016
    Responder

    Na Bahia é pão cacetinho.

    • Certo Sabor Alimentos Congelados
      14 de dezembro de 2016
      Responder

      É mesmo, Rodolfo! Cada Estado com seu jeitinho!

  3. Paulo
    28 de fevereiro de 2017
    Responder

    Cara, na região de Piracicaba (e de Ribeirão também, conforme seu texto), somos tão habituados a chamar o pão de filão, que a maioria dos piracicabanos já passou pela experiência de ficar surpreso, quando em viagem, ao pedir filões na padaria e o padeiro não saber o que é isso.

    Os piracicabanos que ainda não se admiraram com essa diferença linguística é porque ainda não fizeram a experiência de comprar filão longe da nossa terra.

    Em outras palavras, é tão trivial que as pessoas nem imaginam que é regionalismo.

  4. 31 de março de 2017
    Responder

    Na Bahia é pão cacetinho
    E o grande se chama vara e não bisnaga como os cariocas falam

  5. Alvaro Louzano
    5 de maio de 2017
    Responder

    Em Manaus chamamos massa grossa

  6. Israel Silva
    5 de maio de 2017
    Responder

    Aki no Amazonas o Pão é conhecido como Pão massa grossa… Manaus – AM

  7. João Pedro
    11 de agosto de 2017
    Responder

    Na região carbonífera do sul de SC (Criciúma, siderópolis…) é chamado de pão d’água

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *